PIS 2018: Como consultar (ONLINE)

programa de integração social

Criado com o objetivo de financiar benefícios para o trabalhador da iniciativa privada, e dar aquela renda extra, o Governo elaborou o PIS.

O PIS dá direitos ao trabalhador como seguro-desemprego, abono salarial.

No qual, o banco responsável por todos esses pagamentos é a Caixa Econômica Federal.

Por isso, não confundam o PIS com o PASEP.

O PASEP já é um programa criado para abranger trabalhadores da inciativa pública e o seu banco responsável já é outro, diferente da Caixa Econômica.

Então, como esse programa é tão importante, é necessário que você entenda como consultá-lo seja pela internet, pelo celular ou utilizado apenas o número do seu CPF – cadastro de pessoa física.

A consulta é totalmente gratuita e realizada em poucos minutos de forma online.

Através dessa consulta, você saberá como anda a sua regularização, se já possui direitos dados por esse programa, qual a data de pagamento do seu abono, quais os requisitos que ainda faltam para a concessão do pagamento e etc.

CONSULTA DO PIS

Primeiro, você irá entrar no site da Caixa, http://www.caixa.gov.br/beneficios-trabalhador/pis/Paginas/default.aspx. Esse site que administra todas as informações relacionadas ao PIS 2018.

pis consulta

Depois você deve clicar em consultar pagamento, aonde será transferido para outra página aonde será possível inserir o número do seu PIS:

consultar pis

Depois de colocar seus dados e senha, você deve clicar em “I’m not a robot”, que significa que você não é um robô, autorizando sua pesquisa.

Feito tudo isso, a consulta do seu PIS estará realizada e você saberá seu saldo e data de pagamento

CADASTRAR SENHA PARA O PIS 2018

Caso você não tenha realizado ainda o cadastro no site da Caixa Econômica Federal, você deve clicar em Cadastrar senha após inserir o seu NIS.

Após clicar em cadastrar, você será redirecionado para outra página.

Para concluir o seu cadastro, alguns dados pessoais precisaram ser informados para o site, entre eles você irá preencher o seu nome completo, a sua data nascimento, o número do seu cadastro de pessoa física, o número do documento de identificação pessoal e se quiser ou achar necessário, informe também o nome completo da genitora, mas esse não é um requisito obrigatório.

Caso tenha qualquer dúvida, você sempre pode entrar em contato diretamente com a Caixa.

CONSULTA DO PIS PELO CPF

O PIS do cidadão é identificado com base em um número que é criado para o trabalhador no seu primeiro emprego, infelizmente não há como verificar diretamente pelo CPF, sendo necessário verificar o número em outros locais.

Por isso, o jeito mais fácil de saber esse número é pegar a sua CTPS – carteira de trabalho e abrir na sua primeira folha. Lá já estará escrito.

Mas pode ser que por conta de algum imprevisto, você não esteja em mãos com a sua CTPS, e ainda assim deseja saber o número do PIS.

Para isso, você pode se deslocar a alguma agência da Caixa e verificar pessoalmente com algum atendente.

Outra forma de visualizar esse número é se você possuir o cartão cidadão. Lá na frente, o número também estará impresso.

Se mesmo com essas opções apresentadas ainda não foi possível descobrir o seu número, você pode entrar em contato diretamente por telefone com a Caixa (0800 726 0207) e descobrir o seu número.

COMO EU SEI O NÚMERO DO MEU PIS POR OUTRAS FORMAS

caixa pis 2018
Você pode ligar diretamente para a Caixa Econômica Federal para tirar suas dúvidas.

Outras opções são dadas para o trabalhador para consultar o número do seu PIS.

Entre elas, por telefone. Que também é uma maneira muito simples.

Você deve ligar para o portal do caixa cidadão pelo número 0800 726 0207. A ligação é gratuita de qualquer celular ou telefone e de qualquer região do país.

Após você ligar, informe ao atendente todos os seus dados e ao final ele lhe dirá o número do PIS.

Além do portal, outra forma de visualizar o número é ir diretamente na própria agência da Caixa Econômica Federal portando os documentos de identificação e o cartão cidadão.

LEGITIMADOS PARA A CONCESSÃO

Só irá receber o PIS aquelas pessoas que se encaixarem em determinados critérios estabelecidos pelo Governo.

Critérios esses que foram criados para evitar fraudes no sistema.

Lembrando que os critérios são cumulativos, por isso, tenha atenção redobradas neles:

  1. O empregado deve estar com suas informações atualizadas, pois sem isso não há como saber se tem cumprido os requisitos ou não.
  2. O empregado deve ter exercido atividade remunerado para empregador pessoa física por no mínimo 1 mês no anterior. Esse período pode ser consecutivo ou não.
  3. Ter tido como remuneração o equivalente a no máximo 2 salários mínimos por mês.
  4. Estar inscrito no programa há 5 anos.
  5. Não ter débitos com o Governo.
  6. Empregador ter mencionado o empregado no RAIS – relação anual de informações sociais, do ano no qual foi empregado.

SEGURO-DESEMPREGO

A inscrição no PIS também é essencial para requerer o seu seguro-desemprego.

Portando, como requisito do PIS é preciso estar inscrito no programa há 5 anos, estar inscrito no RAIS e ter tido uma demissão sem justa causa.

Todo trabalhador que exerce sua atividade formalmente, além do pescados profissional em período de defeso, assim como também o trabalhador que foi resgatado de condição análoga à de escravo possuem direito ao seu Seguro-Desemprego.

O procedimento para requerer o mesmo é bastante simples, basta seguir este manual:

APLICATIVO DA CAIXA

A caixa desenvolveu um aplicativo chamado de ‘Caixa Trabalhador’.

Nesse aplicativo, você tem acesso a informações sobre o PIS, seguro-desemprego, FGTS e todos os benefícios que são pagos por esse banco.

É possível baixar ele em qualquer celular ou tablet. Basta ir na sua loja de aplicativos, pesquisar o nome ‘caixa trabalhador’ e aceitar os termos.

Após instalar, clicar em acessar sua conta e tenha todas essas informações na palma da sua mão.

Para consultar o PIS pelo aplicativo, é só seguir todos os passos informados acima e descobrir o seu número. Após saber o número, a consulta é feita normalmente.

Em caso de dúvidas sobre o tema, deixe sua pergunta nos comentários.

Você também pode saber mais dos serviços da Caixa Econômica Federal em: Caixa Econômica Federal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *